COMPRAS_MAFALDA

Hoje, em sala de aula,  em trabalho de pares, os alunos foram confrontados com a resolução de um problema.

Foi um problema que, imediatamente após a leitura do seu enunciado, gerou algum burburinho entre os alunos:

  • professora, o problema não se pode resolver, não tem dados!

Este é um problema cuja estratégia de resolução consiste em trabalhar “do fim para o princípio”. Ou seja, a partir do dinheiro com que a Mafalda ficou depois de ter feito as compras (zero euros), arranjar uma forma de seguir o percurso inverso.

Foi o que os alunos fizeram quando se aperceberam que a única indicação do dinheiro que a Mafalda tinha  quando acabou de fazer compras era zero euros.

A partir desse momento tudo se tornou mais fácil para os alunos e os seus comentários finais acabaram por ser:

  • afinal foi muito fácil!!
  •  foi o problema mais fácil que já fizemos!

Claro que essa facilidade não foi sentida por todos os alunos. Houve situações de bloqueio que só com o meu questionamento acabaram por ser superadas.

No final todos quiseram expressar a sua opinião, o que sentiram inicialmente e como superaram as maiores ou menores dificuldades surgidas.

Este foi um momento muito importante da aula e permitiu a troca de ideias entre alunos/alunos e alunos/professora o que enriqueceu todo o processo de resolução do problema.

Aqui ficam alguns dos produtos dos alunos para que os possam apreciar:

O recurso elaborado:

RProblemas

06/outubro/2011

Isabel Almeida

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s