SOMBRAS…

Terminada uma primeira fase da exploração da temática … LUZ, SOMBRAS E IMAGENS (Martins et al, 2007), mais virada para a LUZ, onde os alunos trabalharam experiências de teor ilustrativo de fenómenos, a partir das questões problema:

  • Por que não vemos os objetos no escuro?;
  • Como se propaga a luz? e
  • Será que todos os objetos se deixam atravessar pela luz?

…hoje entrámos numa nova fase  mais centrada na formação de SOMBRAS.

Para iniciar esta fase fizemos o levantamento dos factores que influenciam a formação da sombra de um objecto e elaboramos as respectivas questões-problema para depois realizarmos atividades de teor investigativo (com controle de variáveis) sobre cada uma delas.

4 novembro de 2011

Hoje, 18 de novembro (na semana passada tivemos o magusto) realizámos a primeira experiência investigativa com controle de variáveis deste tema.

As experiências investigativas que vamos realizar têm como finalidades:

  • compreender que para ter uma sombra é necessário fazer incidir um feixe de luz (como fonte de luz vamos usar focos) sobre um objecto em frente de uma superfície compacta ou translucida (as transparentes deixam passar totalmente a luz);
  • verificar o que acontece quando controlamos cada uma das variáveis que estão nos documentos acima.

A questão-problema da experiência de hoje era a seguinte: “O que acontece à sombra de um objeto se aumentarmos o comprimento deste?”

Foi uma experiência muito interessante de realizar. A maior parte do tempo tivemos a luz da sala apagada e as persianas das janelas fechadas, para que conseguissemos ver as sombras formadas pelos objetos.

Como objetos utilizámos o interior de rolos de papel higiénico que foram cortados em três tamanhos com:

  •  3 cm;
  • 6 cm
  • 9 cm.

Cada grupo tinha 3 rolos com essas medidas, um foco, uma régua, lápis, folhas de registo… e uma capa que serviu de “parede” onde a sombra se foi “formar” para que a pudéssemos medir.

No tampo da mesa tínhamos o lugar marcado para colocar o rolo que íamos mudando (de tamanho médio, pequeno e tamanho grande), o local onde o foco se manteve e a capa a servir de “parede”.

Preenchemos a carta de planificação (como foi a primeira investigação que fizemos este ano, a professora apoiou-nos e fizemos a carta coletivamente atá ao que pensávamos que ia acontecer). Depois, quando os grupos estavam prontos para realizar cada momento da experiência, a professora apagava a luz da sala. Quando todos os grupos terminavam de marcar o lugar onde terminava a sombra, acendia-se a luz e cada grupo media o tamanho da sombra.

Para cada objeto fizemos três medições e no final fizemos a média dessas medições. Como ainda não sabíamos fazer a média a professora ajudou. No quadro, depois de todos os grupos terem terminado a investigação, registaram-se os resultados de cada um dos grupos e com o apoio da professora fizemos a média das 3 medições de cada objeto, para cada um dos grupos.

No final comparámos:

  • o que pensávamos que ia acontecer com o que verificámos (o que aconteceu);
  • os resultados dos diferentes grupos.

Foi fácil chegar à resposta à questão-problema: Quando aumentamos o tamanho do objeto, a sua sombra também aumenta de tamanho, por isso, o objeto maior formou a sombra maior (naquelas condições).

Agora deixamos ficar algumas fotografias e o trabalhos de um aluno de cada grupo, para que possam apreciar. As fotografias estão muito bonitas, foram tiradas com a sala escura.


Continuando o estudo das variáveis que influenciam o tamanho (comprimento) da sombra de um objeto, esta semana estudamos a distância da fonte luminosa ao objeto que ia formar a sombra.

Seguindo o exemplo da semana passada, os alunos não revelaram dificuldades em chegar à questão-problema: A distância da fonte luminosa (foco) ao objeto influencia o comprimento da sua sombra?

Preenchida a carta de planificação da investigação, montado o esquema de como se ia trabalhar, cada grupo procedeu à realização da Experiência de teor Investigativo.

Deixamos aqui alguns dos trabalhos realizados pelos grupos, bem como imagens dos momentos de trabalho.

Os trabalhos sobre a atividade investigativa que a seguir apresentamos vem na sequência das realizadas anteriormente e tinha como questão problema: “O que acontece à sombra do objeto se variar a posição da fonte luminosa em redor do objeto?”

Assim como a que se segue.

Esta atividade de teor investigativo (com controle de variáveis) tinha como questão problema “Será que o tipo de material de que é feito o objeto influencia a sua sombra?”

Para que possam apreciar o trabalho realizado em sala de aula, aqui ficam alguns dos produtos dos alunos.


Segue-se a última atividade investigativa realizada no âmbito das “SOMBRAS” e todas as variáveis que foram levantadas pelos alunos.

Desta vez, os alunos tinham de dar resposta à questão problema: O que acontece à sombra de um objeto se aumentar o número de fontes luminosas a incidirem sobre o objeto?”.

Eis alguns dos produtos dos alunos.

Isabel Almeida, 31 janeiro 2012


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s